quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

URGENTE



Se teu amor é meu amor
Já não me importa mais
Eu vivo a ânsia louca
De beijar a tua boca
E de esperar junto de ti 
Por cada novo amanhecer

Meu desejo ardente e urgente
Já não suporta mais
Pra ter você nesse momento
Presente, não me tente
Pois rasgo o véu da hipocrisia
Vazia, que tira você de mim

Teu prsente é uma mentira
Tão fria, que pena de ti
Sei que guardas marcas profundas
Oriundas de grande amor
Te esconde das dores profanas
Fingindo que tudo acabou

Vem pra cá e deixa disso
Vou mostrar que ainda sentes
Urgente falta do nosso amor
E teu futuro, não mais imprecioso
Rompendo os nós de toda mentira
Quebrando as cadeias da falsidade

Maria Antonieta Lima


Nenhum comentário: