quinta-feira, 7 de maio de 2009

TRIBUTO À MINHA LUNA COM ETERNA SAUDADE


If That Were Me (tradução)
Mel C
Composição: Mel C


Se Aquele Fosse Eu

Para aonde eles vão e o que fazem?
Eles estão andando a pé e olhando para você
Algumas pessoas param e outras os encaram
Mas eles lhe ajudariam e se importariam?

Como você caiu?
Caiu isso tudo?
Você está feliz aonde está
Dormindo debaixo das estrelas?
Quando faz frio é sua esperança que lhe mantém
aquecido

Um trocado é tudo que eu dou
Mas como isso vai te ajudar se você não tem nem um lar
para morar?
Alguns vão embora e então não podem ver
Eu aposto que você olharia se aquele fosse eu

Como você caiu?
Caiu isso tudo?
Não é solitário aonde você está
Dormindo no meio de carros estacionados?
Quando troveja, aonde você se esconde da tempestade?

Você poderia perdoar minha própria pena?
Quando você não tem nada e vive aí pelas ruas da
cidade
Eu não poderia viver sem meu telefone
Mas você ao menos tem um lar

Como caímos?
Podemos levantar totalmente?
Estamos felizes aonde estamos
Em nossa estrelinha solitária?
Quando você tem frio é a sua esperança que te mantém
aquecido.

Aonde eles vão e o que eles fazem?
Eles andam a pé, olhando para você
Eles andam a pé, olhando para você

quarta-feira, 6 de maio de 2009

LENTAMENTE - VÍDEO




NA VIDA TUDO PASSA COM O TEMPO

SOMENTE O AMOR PERMANECE

O AMOR NUNCA É PASSAGEIRO

É FIEL A SI MESMO

SOBREVIVE AO TEMPO

ROMPE TODAS AS BARREIRAS DO ENTENDIMENTO



sábado, 2 de maio de 2009

EDCM



Eu sobrevivi à queda fatal
Desviei de todas as setas que pude
Ultrapassei o limite aceitável da dor
Abdiquei de todo o orgulho
Resguardei meu sentimento, porém
Do teu falso querer nada restou
O teu rosto se perdeu no passado

Contudo eu nunca te esqueci
A vontade é poder retornar
Replicar a tudo que calei
Longe do abismo da mentira
Onde teu coração se esconde
Suave, te alcançar bem aí

Com você eu não criei limites

Ou não tive medo de amar
Utopia do amor perfeito, tolice!
Tua falta levou-me a desordem
Instalando profundo caos em mim
Não consegui entender teus motivos
Hoje já não ouso compreender
O teu rosto está no meu passado

Mas quem sabe chegue o grande dia
O resplendor dos restos te alcance
Não posso negar o que passou
Tentar esquecer seria luta vã
E o teu nome ficou marcado em mim
Intenso como você foi um dia
Reinando soberano a toda mentira
Ou quem sabe, ao que você pode ser.

REENCONTRO - VÍDEO




video

QUANDO CANSARES - VÍDEO















video

QUERO


Quero


Quero a ilusão dos teus olhos lindos
Inspirando em mim poesias
Trazendo o perfume da primavera
Despertando eterna paixão

Quero o encanto do teu sorriso
Transmitindo completa harmonia
E viver da tua alegria
Sentindo o calor dos teus braços

Quero a doçura da tua boca
Na beleza do teu sorriso
Da minha alma, eterna luz
Calando minha boca na tua

Quero a magia das tuas palavras
E se mentires, não importa
Fala baixinho...
Dizendo tudo que preciso ouvir

Quero a firmeza dos teus passos
Caminhando suave pelas ruas
Procurando por rastros meus
Pois, incansavelmente, busco os teus

O Tempo Passa, Amor... VÍDEO

video

sexta-feira, 1 de maio de 2009

AMIZADE


Amigos são tesouros que guardamos no coração.

A verdadeira amizade é eterna.

Puro amor, que se dá sem nada exigir.

Amizade é coisa para ser tratada com respeito, carinho e dedicação.

podemos escolher nossa família, mas os amigos sim.

os atraímos por laços de afinidade que são eternos e densos.

Amizade é unica, inigualável, preicisa...

Obrigada pela sua amizade!!!

Saudade



De repente uma angústia aperta no peito
Falta de algo distante, uma falta de ar
Tem hora que chega uma dor sofrida
A lembrança de algo perdido no tempo
Em pensamentos distantes e profundos
Nada aplaca a tortura, o vazio e o caos
Perco a vontade, meu mundo e a fome
É quando nada me faz rir, nada me prende
Ausente a tudo em pensamentos distantes
Percorro por um caminho de sonhos
Desejo ardente, desesperado, desgraçado
A mente é livre, no pensamento ilusão
Quebro barreiras intransponíveis
De minhas próprias vaidades que já se foram
E nada encontro que me satisfaça
Se me deixo levar em tal cansaço
Ou permito que minha alma se abata
É a saudade que sinto tão forte
O tempo não é meu amigo e sim o carrasco
A distância fere como navalha na carne
Então percebo a tal da saudade
De um tempo que já se foi
Do tempo que não volta mais
E tudo se cala, escurece,entristece
Quando não existe o remédio pra dor
O que fazer amor?
Se meu mundo se foi sem despedida!
Se as lembranças tornaram-se doídas!
Se não tenho mais você por aqui!

RESPOSTA DO CORAÇÃO


Senti-me por ti muito amada,

Possuí gentilmente o teu calor!

Juntinhos da noite à alvorada

Encantou-me sem nenhum pudor.

E minha entrega ficou marcada

Teu encanto me trouxe emoção,

A alma por teu amor fadada,

Sonhando em possuir teu coração.


Ai! Que saudade desgraçada,

Foi fantasia, quanta dor!

Sonho por sonho, eu desesperada,

Vejo-os partindo, estou em torpor

Que me leve a ti esta estrada

Preciso da tua fascinação!

Ai, amor volta! Quero ser amada!

Chora muito meu coração.


Minha alegria hoje é nada

Sinto a falta do teu querer

Minha vontade é ser tua adorada,

Despertar não só o teu prazer.

E porque me sinto emocionada,

Eu despertarei nossa paixão!

não sou tua namorada

Por que rejeitas meu coração?


Vem me curar, estou ferida,

Porque eu te quero mesmo então,

Vem assim mesmo e não divida

O teu amado coração!

Vício



Guardei-o em um local sagrado
Eternamente protegido dos meus
Caprichos e desejos mais profundos
Protegido de mim e de você próprio

Você é a droga que quero mais e mais
E preciso me libertar desse vício
Do desejo ardente de querer-te
Preciso libertar-me dessa urgência louca

Desejei-o como a nenhum outro
Todavia, desejou-me de outra forma
Diferente daquela que eu imaginei
E preciso libertar-me desse vício

Sigo, tentando superar a cada dia
A imensa falta que você me faz
Estou em recuperação e não sei se quero
Libertar-me do vício de querer você

Eu nunca deveria ter o deixado entrar
Mas agora é tarde demais
E tento buscar a recuperação
Dos meus sentidos, da minha vida

Você foi meu melhor amigo e confidente
O homem e amante que sonhei para mim
Eu nunca deveria ter cedido...
E agora tento recuperar-me desse vício

Você foi culpado e não percebe
Não sabe como sua falta machuca
Ninguém pode recuperar-me
Do vício de querer só a você

Sabe, às vezes pergunto a mim mesma
Como pude ser tão tola, ingênua...
E fui capaz de querer-te como a nenhum outro
E meu vício é o desejo ardente de você

Quando meu sangue é derramado com lágrimas
Marcam minha alma bem lá no fundo
É o preço que pago por iludir-me
E preciso urgentemente libertar-me
Desse vício de querer você...