quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Cuide do Seu Amor

*** quando escrevi este texto estava ouvindo Down de Jason Walker****

Já dizia minha avó que se conselho fosse bom, não se dava, vendia... Mas vamos falar de amor, de cuidar do seu amor. Amor nos dias de hoje é um sentimento tão raro, tão complicado, tão enfraquecidos por condições, por amarras, por vaidades.
Na verdade o amor deve ser cultivado livre, simples e absoluto exatamente como ele é. Vejo relacionamentos se desfazendo porque ambas as partes deixaram que o ego fosse superior ao amor.
 Por que?
Por que permitimos que nossos medos nos domine ao ponto de não aceitar a simplicidade do amor?
Por que deixamos nos levar por pensamentos que criamos em nossas mentes que nos torna egoístas a ponto de rejeitar o amor.
Realmente o amor deve ser livre até para partir. Deve ser livre para ter suas escolhas. Amo ao ponto de não prender a pessoa a mim com o objetivo de ver ele feliz... isso é amor de forma incondicional e pura. Sim INCONDICIONAL seria a palavra. O amor verdadeiro não impõe condições. Se amo não posso impor ao outro as minhas vontades, os meus desejos, ou isso não é amor é prisão e nenhum dos dois será feliz. Deus como eu gostaria de poder voltar no tempo... não existe esta possibilidade. Então pessoas, tenham calma. Se você ama a pessoa espere passar aquele momento aquecido de uma briga para tomar uma decisão. Espere a outra parte se acalmar para pedir uma resposta. Não sejam precipitados porque as palavras não se perdem no vento, elas machucam dentro da alma e por mais que exista o tal perdão a marca não sai. É preciso ter um amor muito grande e extremo para perdoar realmente. Os perdões sempre terão reservas e a pessoa sempre ficará apreensiva com nossos atos.
Tenham sabedoria, conversem abertamente, exponha seus medos, seus sentimentos.
Eu conheci uma pessoa que mexeu com minhas estruturas. Essa pessoa me fazia sentir desarmada, eu sabia que não teria reservas. Nesse tempo deixei que o medo dominasse meus sentimentos. Permiti que meu ego fosse superior ao sentimento que me invadia. Era aquela sensação de "déjavu", de já ter conhecido antes, em um outro lugar, em outro tempo. É como eu conseguisse ler os pensamentos através dos olhos da pessoa. Eu sei quando ele mente, sei quando está triste, sinto quando está feliz...
Praticamente imagino uma ação antes de ela ser tomada por ele.
Mas existe um sentimento de amor misturado ao medo que sei vir do passado. Como se algum dia eu tivesse confiado minha vida a ele e ele não tivesse tido a dignidade de zelar. Não sei explicar a força deste sentimento. Fiz regressão de memória e lá estava... mas isso deixa quieto um dia em outro momento converso com vocês sobre o quanto é legal fazer esta terapia.
Então, sem preparo emocional não tem mesmo como cuidar deste relacionamento e eu destruí tudo. Eu tenho muita dificuldade de falar sobre sentimentos e o blog me ajuda com isso. Hoje consigo me expressar melhor pra mim e aos outros. Mas ainda há muito que aprender. Então, por favor, em terra de desapego não joguem seus amores fora. Não façam como eu porque talvez a vida não dê outra chance.
Amar é abrir mão, é mudar de pensamento, é ceder... e tudo aquilo que a mídia, o ego e as amizades dizem NÃO FAÇA!
O melhor conselho é do coração, ouçam seus corações. Sabem um sonho simples que eu tenho e NUNCA será realizado simplesmente porque eu não permiti, sendo uma idiota, lá no passado?
É simples, que todas as pessoas que amam vivem, mas sei que com ele NUNCA vou viver. Na boa, todas as merdas que fiz, perdi toda e qualquer possibilidade de MERECER isso. Sair do trabalho e ver ele me esperando na porta. Ou chegar em casa e ver ele me esperando no meu portão. Eu daria o céu e a Terra para vivencia isso e nunca acontecerá, entendem? Não com ele. Simplesmente porque lá atrás não tive sabedoria suficiente. Quando era o momento de conquistar eu rejeitei, com medo. Quando ele se abriu pra mim e era minha oportunidade de jogar aquele joguinho gostoso da conquista eu simplesmente rejeitei. Eu só dava toco. Eu queria o cara e só dava toco.
Fui estúpida.
Fui idiota.
Hoje pago o preço.
Não cometam os mesmos erros com os amores de vocês. Façam valer a pena cada momento e lembrem que momentos não retrocedem. O tempo é feroz em passar e pode ser amigo ou inimigo, depende de como vocês usam suas oportunidades.
Façam valer a pena.
Façam o outro sentir saudade daquele momento que esteve com vocês.
Se é para deixar alguma recordação na mente do outro, que seja de saudade, de paz, de algo muito gostoso.
Eu posso namorar, casar e ter qualquer outro homem, nunca vai ser igual a chance que eu deixei passar porque o sentimento será diferente. O amor não será tão profundo como já aconteceu. Para não ser uma FDP e me sentir ainda pior, eu terminei com a pessoa.
Hoje não consigo amar mais ninguém. Tentei sim, mas não é a mesma coisa. Nunca vai ser...
Então cuidem daqueles que vocês amam.
Culpa daquilo que poderia ter sido e não foi, é o pior sentimento que uma pessoa pode sentir.
E gente, por favor... Não preciso de conselhos... preciso de amigos que estejam dispostos a falar de amor. Porque amar também consiste em deixar o outro livre para viver suas próprias escolhas.
E é isso que tenho feito nesses dez anos.


************************************ntão, por que eu tento? Eu sei que vou cair. Eu achei que podia voar Então porque eu me afoguei? Eu nunca vou saber porquê. Está vindo a baixo, baixo, baixo. Eu não estou pronto pra partir Porque então eu nunca saberia O que eu poderia estar perdendo Mas eu estou perdendo demais"

Nenhum comentário: