terça-feira, 28 de março de 2017

SOMOS TODOS IGUAIS

Sempre senti muita culpa por atos errados que cometi, mas a cada dia aprendo que me desculpar deles muitas vezes faz com que eu me sinta melhor.
Todavia será que errei sozinha?
Será que o outro não teve nenhuma parcela de culpa?
Não se achando no dever de também se desculpar?
Claro que não!!!
Estes últimos dez anos aprendi que não importa o quanto você possa errar ou acertar que quem não te quer ou não sente nada por você será sempre indiferente.
Não importa o quanto você seja capaz de amar ou ame e possa provar isso. Não importa o quanto você seja capaz de se sacrificar pelo outro ou dar sua vida para salvar a dele se nenhum tipo de sentimento ele tiver por você ele não vai acreditar nem no seu amor e muito menos na nobreza do seu ato de sacrifício. Não interessa a ele, simples assim.
Quando ele não acredita você não está perdendo seu tempo, nunca perdemos tempo com o amor. Apenas aprendemos que alguns não merecem ou não estão prontos para receber um amor verdadeiro.
Se você insistir estará desgastando sua energia e ferindo o mais profundo dentro da sua alma. Isso pode ser dilacerante.
A culpa será sentida por você mas na verdade pertence ao outro que não desejou te olhar por dentro.
Te descobrir e por ser superficial teve um olhar superficial sobre seu sentimento.
O ser humano está se perdendo cada vez mais e a culpa não pertence a quem tem maior sensibilidade.
Mas quem tem mais sensibilidade sofre e sente dor.




Nenhum comentário: